segunda-feira, 25 de setembro de 2017

CEARÁ JÁ EM RECIFE PARA PEGAR O SANTA


Após vencer por 2 X 1 de virada o Brasil de Pelotas no Castelão, no último sábado, o elenco do Ceará não teve tempo para mais treinos. Reapresentação no domingo no CAP, regenerativo, e já seguiu na madrugada de hoje para Recife, onde enfrenta o Santa Cruz nessa terça-feira, pela 26ª rodada da Série "B". Será a primeira das duas partidas que o alvinegro fará fora, essa semana. Terça pega o Santa Cruz e sábado já estará em Lucas do Rio Verde enfrentando o Luverdense.
O plano de vôo dessas viagens, previa saída de Fortaleza hoje, segunda-feira 00h35, chegando a Recife 1h49. Lá, o tecnico comanda treino na tarde de hoje no CT do Sport. Como fará essas duas partidas em curto espaço de tempo, viajará de Recife direto para Mato Grosso. Em função desse fato, o técnico Marcelo Chamusca levou 20 jogadores na viagem. Com uma novidade que pode surpreender a muita gente. O seu atacante predileto, Cafu, não foi relacionado. Não se sabe se por opção de Chamusca, ou se por algum problema de saúde. Essa última opção deve ser a mais provável.
Esse fato pode ser um indicativo de que Ricardinho vai como titular já contra o Santa, depois da boa partida que fez.

Abaixo, a relação:


Goleiros: Éverson e Diego;
Lat. direitos: Cametá e Pio;
Zagueiros: Rafael Pereira, Luiz Otávio, Tiago Alves,  
Lat. esquerdos: Romário e Rafael Carioca;
Voltantes: Raul, Richardson
Meias: Ricardinho, Lima, Felipe Menezes, Pedro Ken. 
Atacantes: Elton, Leandro Carvalho, Maikon Leite, Arthur e Lelê. 

Arte: Artilheiro.com.br

domingo, 24 de setembro de 2017

CAI MAIS UM TÉCNICO DA SÉRIE A



O Atlético Mineiro, jogando em casa, foi derrotado peloVitória por 3 X 1 na noite desse domingo e a corda quebrou sobre técnico do Galo. Rogério Micale, que foi campeão olímpico com a seleção na última olipíada, foi demitido do Galo após mais essa derrota. Tido como um dos melhores elencos do Brsileirão esse ano, o Atlético não empolga, terminou a semana na 11ª colocação com 31 pontos ganhos, distante apenas 3 pontos do G4. Micale completaria nessa segunda-feira, dois meses à frente do Galo.

ACABOU O PESADELO. FORTALEZA NA SÉRIE B


O Fortaleza, depois de oito anos no inferno da 3ª divisão, finalmente está de volta à 2ª divisão do Campeonato Brasileiro. Perdeu nesse sábado para o Tupi de Juiz de fora por 1 X 0, porém, como havia ganho em casa por 2 X 0, garantiu a vaga.
Antônio Carlos Zago -Foto NET
Méritos para o técnico Antônio Carlos Zago, que depois de dar uma arrumada no time, conseguiu o tão sonhado acesso, para a torcida tricolor. Vítima de humilhações, gozações e tudo que se imagina, ao longo desses longos 8 anos, a torcida tricolor fez uma grande festa na capital, enaltecendo o fato de deixar a 3ª divisão. Uma grande recepção está programada para receber os heróis da volta. Festa para o futebol profissional do nosso estado, que terá o tricolor com a sua grande torcida disputando a 2ª divisão do Brasileirão. A briga agora é pelo título de Campeão da Série "C". Terá como adversário o Sampaio Corrêa, que também subiu.

CEARÁ 2 X 1 BRASIL/RS

OS GOLS:
Vídeo: Soccer HD/SPORTV


QUEM DISSE QUE TORCIDA NÃO GANHA JOGO ?


Foi necessário que a pequena torcida que foi ao Castelão (apenas 6.292 pagantes) vaiasse o time e gritasse com toda a força o nome de Ricardinho, para que o técnico Marcelo Chamusca, em vez do habitual modelo de substituição, em que privilegiava o garoto Cafu, das categorias de base do Flamengo, colocasse o Ricardinho na volta do time para o segundo tempo, dando mais qualidade no passe, coisa que só o Chamusca não vê!
Ricardinho - Escalado por exigência da torcida
O time perdendo o jogo por 1 X 0, gol marcado por Misael, quebrando a bola, sem criatividade no meio-campo, o torcedor, que não é burro, enxergou logo a deficiência do setor, sem alguém capaz de organizar jogadas, capaz de fazer um passe mais preciso, etc. E a entrada de Ricardinho na volta do intervalo, modificou claramente a postura do time em campo. Com um gol de Leandro Carvalho em mais uma assistência de Tiago Cametá, e um do próprio Ricardinho, fazendo um belo gol por cobertura, o Ceará conseguiu vencer, encostou novamente no G4, reacendendo a esperança de um futuro melhor para a equipe.
O torcedor, mesmo com a vitória, saiu do estádio desconfiado do futuro do time, principalmente pelo rendimento apresentado. É que a teimosia de Chamusca, preterindo alguns jogadores, privilegiando outros, sem um time definido ainda, mesmo depois de 15 partidas, aponta para dificuldades futuras.
O Ceará terá nessa próxima semana, dois jogos difíceis, contra o Santa Cruz na terça-feira e o Luverdense no sábado, e como o time vem jogando não mais que razoavelmente, não inspira na torcida essa confiança de outro acesso.
O jogo, que fechou a 25ª rodada da Série "B", deixou o Ceará na 5ª colocação com 41 pontos ganhos e um ponto a menos que o Vila Nova, o 4º colocado, mostrando que, se melhorar um pouco o padrão de jogo, pelo elenco que tem, pode sonhar com o acesso. Difícil, na mente do torcedor, é com o técnico Marcelo Chamusca inventando e provocando vacilos em sequência. 

sábado, 23 de setembro de 2017

É HORA DE DECISÃO


O Fortaleza visita o Tupi, em Juiz de Fora, na noite desse sábado, no que poderíamos considerar o jogo da década para o tricolor cearense. Jogo difícil, mesmo com a vitória de 2 X 0 em casa no último fim-de-semana. O Tupi é um time limitado, porém, jogando em casa, tem sido difícil vencê-lo. Dos 9 jogos que disputou como mandante nessa 3ª divisão, perdeu apenas dois. Como o tricolor cearense pode perder até por 1 X 0, o caminho fica menos difícil. Se marcar um gol fora, a vantagem fica quase irreversível. Nessa circunstância, o Tupi teria que fazer 4 gols para se classificar, algo não visto ainda este ano nessa Série "C" com o time mineiro. No Fortaleza, apenas uma dúvida, com a liberação do zagueiro Edimar que ficou fora da última partida. O Tupi é um mar de indagações. Treinos fechados, nada de informação sobre o time que entra.



Tupi  X  Fortaleza

Competição: Série "C" - 2ª fase - Jogo de volta 
Estádio: Radialista Mário Heleno - Juiz de Fora/MG
Data/Hora: 23.09.17 - 20h30
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, Michel Correia e Silbert Faria Siquim (RJ)

Equipe (prováveis):

Henrique; Fernando, Hélder e Edmário; Afonso, Marcel, Leandro Brasília, Romarinho e Andrey; Ítalo e Rafael Teixeira;
Técnico: Ailton Ferraz

Marcelo Bock; Felipe, Edimar, Ligger e Bruno Melo; Anderson Uchoa, Pablo, Leandro Lima e Éverton; Hiago e Lúcio Flávio;
Técnico: Antônio Carlos Zago

Anastácio de Castro, Régis Melo, Cláudio Pinheiro, Charlles Gaspar e Victor Hugo;
Técnico: Pedro Hallan




Transmissão: Rádio Expresso

           FM 104,3

www.expressofm104.com.br

É HORA DE REABILITAÇÃO


O Ceará recebe hoje o Brasil de Pelotas no Castelão. Vindo de 2 resultados ruins, o alvinegro viu fugir de forma rápida o G4 e luta por uma reaproximação. A semana de treinos mostrou mais uma vez um time ofensivo para entrar em campo. Jogando em casa, Chamusca vai para cima do adversário, de forma bastante lógica, por necessidade premente de vitória. O Brasil de Pelotas terá sérios desfalques nessa partida. Ao todo seriam 5 ausentes: o goleiro Marcelo Pitol, o lateral esquerdo Breno, o volante Leandro Leite, e os meias/atacantes Marcinho e Juninho, todos considerados titulares. O Ceará ocupa a 6ª colocação com 38 pontos ganhos e mesmo que vença não entrará no G4, visto que, o Vila Nova que é o 4º colocado, tem 42. O Brasil é o 11º com 33 pontos e ainda sonha com uma reação para se aproximar o mais rápido do G4.



Ceará  X  Brasil/RS 

Competição: Série "B" - 25ª rodada
Estádio: Arena Castelão - Fortaleza
Data/Hora: 23.09.17 - 19h00
Arbitragem: Rafael Clauss, Alex Ang e Alberto Poletto (SP)

Equipes (prováveis):


Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Richadson, Pedro Ken e Lima; Leandro Carvalho, Elton e Lelê;
Técnico: Marcelo Chamusca

Eduardo Martini; Éder Sciola, Leandro Camilo, Evaldo e Marlon; João Afonso, Itaqui, Nem e Rafinha; Misael e Lincoln; 
Técnico: Klémer

Bosco Farias, Sérgio Pinheiro, Edmilson Maciel, Dacildo Mourão, Alysson Lima, Tony Pereira, Eudes Viana e Victor Hugo;
Técnico: Pedro Hallan







Transmissão: Rádio Expresso 

             FM 104,3

www.expressofm104.com.br