domingo, 10 de agosto de 2014

GRANDES CLUBES SEM PATROCÍNIOS

O futebol brasileiro vive um indiscutível momento de reengenharia. Começamos a discutir "o que fazer" para recolocar o esporte mais popular do país, no caminho do desenvolvimento. Enquanto produzimos a melhor matéria prima, não temos logística para desenvolvê-la. Precisamos reinventar esta logística. Enquanto o mundo inteiro se profissionalizou, no Brasil, impera o amadorismo no futebol. Dirigentes não remunerados, passivos financeiros gigantescos, administrações amadorísticas, rumo incerto, enfim. O reflexo começou a ser mostrado com o fracasso da seleção na goleada para a Alemanha. Seguiu com estouros de verdadeiras bombas-relógio. No Botafogo do Rio de Janeiro, contas bloqueadas pela justiça, salários atrasados há três meses, jogadores entrando em campo com faixas de protesto, é um exemplo. Quatro grandes clubes, que disputam a série "A" do campeonato brasileiro, estão sem patrocínio máster na camisa. São eles: SANTOS, SÃO PAULO, PALMEIRAS E BAHIA. Verdadeiros casamentos entre grandes marcas e clubes de futebol, como acontece na Europa, não mais são vistos aqui no Brasil. Lá, temos FLY EMIRATES com o REAL MADRI, só para citar apenas um. Aqui, já tivemos belos casamentos! Quem não se lembra do PALMEIRAS/PARMALAT. Algo parece errado. Novos investidores do futebol, precisam ser descobertos pelos nossos clubes. Parece que as empresas estão mais reticentes a este respeito. Justificável, visto que, vincular uma marca preciosa a um clube, pode representar um grande prejuízo, por conta de administrações amadorísticas, podem levar este clube a situações absurdas, como foi levado o Botafogo na atual situação. Nos últimos anos, só a boa vontade do governo federal, que
permitiu que um órgão como a  CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 

investisse pesado neste tipo de patrocínio. Novos anunciantes com valores significativos, parece ser um sonho. Tudo reflexo da forma como se administra o futebol no nosso país. Ainda há tempo para salvar o nosso futebol!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel