quinta-feira, 4 de setembro de 2014

ARBITRAGEM E ERROS ELIMINAM O CEARÁ DA COPA DO BRASIL

Foto: NET
O BOTAFOGO-RJ conseguiu superar o CEARÁ e passar para as quartas-de-final da Copa do Brasil em jogo cheio de lances confusos. Com 2 gols em dois minutos nos acréscimos, um aos 48 e outro aos 50 minutos (o árbitro deu 4 de acréscimo) e uma sequência de falhas, o alvinegro viu o Copa do Brasil fugir, com uma participação decisiva da arbitragem. No início do segundo tempo, o jogo estava empatado em 2 X 2 quando MAGNO ALVES fez gol legítimo, anulado pela arbitragem, que errou novamente ao deixar de marcar pênalti visível, quando um defensor do BOTAFOGO meteu a mão na bola impedindo ataque do alvinegro cearense. Aos 10 minutos desta segunda etapa, faltou energia por 22 minutos, somente nos refletores que iluminam o gramado. Com o placar a seu favor (3 X 2) e jogando pelo empate, o técnico Sérgio Soares resolveu seguir aquilo que tem feito ultimamente: reforçar o sistema defensivo. Optou por jogar com 3 volantes, substituindo RICARDINHO por MICHEL, NIKÃO por SOUZA e BILL por AMARAL. Passou a atuar com 3 volantes e SOUZA, que também marca. Com um punhado de jogadores experientes e acima de 30 anos, JAILSON, ÂNDERSON, VICENTE, MICHEL, JOÃO MARCOS, SOUZA, MAGNO ALVES, faltou uma cabeça para lembrar um velho ditado do futebol que diz: "Está vencendo? Depois dos 40 do segundo tempo, não tem mais jogo". Faltou esta liderança dentro de campo e o que se viu foi o time se aventurando, obedecendo à sua vocação ofensiva. Ontem, o alvinegro marcou o 100º gol na competição e é o melhor ataque do Brasil na atualidade. Em vez de tocar a bola para ver o tempo passar, os jogadores continuaram procurando o gol adversário em contra-ataques rápidos, e, quando perdia a bola, proporcionava ao BOTAFOGO as chances que precisava. O alvinegro cearense dá adeus à Copa do Brasil deste ano e passa a focar no objetivo inicial de ascender à primeira divisão. A partir de agora, é lutar para permanecer nas quatro primeiras posições na segundona.   

1 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel