quinta-feira, 20 de novembro de 2014

BRIGA DE DIRETORES DO FORTALEZA GANHA REPERCUSSÃO NACIONAL

O FORTALEZA E C está prestes a realizar o processo eleitoral para escolha dos seus novos dirigentes. Com 4 chapas inscritas, os inevitáveis choques, começaram a surgir. Uma briga entre o candidato a presidente, advogado JORGE MOTA e o atual dirigente DNIEL FROTA, ganhou perigosa repercussão nacional. O Site "Futebol Interior", repercutiu o fato, em ampla matéria veiculada esta semana. Usando o título abaixo, a matéria foi publicada no dia 19/11/2014:

"Como a Lusa, Fortaleza também foi envolvido em rebaixamento premeditado em 2011. Relembre!"


Trechos da entrevista do candidato em uma emissora de rádio local, foram publicados, o que pode trazer consequências nefastas ao clube, caso o Ministério Público se manifeste pela reabertura do processo.
Abaixo, publicamos fragmentos da matéria veiculada no site "Futebol Interior", um dos mais acessados do Brasil:

"Respondendo a acusações de Daniel Frota, Mota deixou suspeitas de que o Fortaleza teria recebido facilidades para permanecer na Série C em 2011. Segundo o ex-dirigente, existe uma pessoa que ajudou o Fortaleza judicialmente na época, a quem o clube deve este favor eternamente.
A resposta veio após Daniel Frota acusar Jorge Mota de não ter levado ao STJD o processo que levou o Ceará ao pentacampeonato cearense de 1915 a 1919.

Mais um pouco do texto publicado pelo site "Futebol Interior":
"Se ele tiver coragem de dizer, porque eu não vou atrás. Se ele souber, ele sabe, porque eu não vou atrás. Porque nós devemos um favor enorme a uma pessoa que nós já pedimos uma coisa. E eu não posso pedir a uma pessoa um favor do tamanho que nós devemos. A história é essa. Se não fosse por isso, o Fortaleza tinha caído pra Série D. Não tínhamos ficado na Série C, nós tínhamos caído pra Série D. Não caiu, porque alguém nos ajudou e muito. E essa pessoa que nos ajudou e muito, eu não posso pedir nenhum favor a mais. Porque o favor que ele fez foi demais para gente”, disse Jorge Mota".

Este é um assunto que jamais deveria ser levado a público, de forma tão explícita, pelo risco de acarretar problemas para o clube. É o caso de se recorrer ao velho jargão: "Roupa suja se lava em casa"!


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel