sexta-feira, 21 de novembro de 2014

CASO BOA ESPORTE - CEARÁ ENTRA NA BRIGA

Sessão do STJD - Foto NET
O CEARÁ se juntou ao AMÉRICA/MG e ao AVAÍ, para denunciarem ao STJD, o BOA ESPORTE, pela contratação de um jogador, de forma irregular. 
A denúncia está embasada no Artigo 7 do Regulamento Geral da Competição.

Art. 7 - Um atleta poderá ser transferido  de um clube para outro, durante o campeonato da Série B, desde que tenha atuado em um número máximo de seis partidas pelo clube de origem, sendo permitido que cada atleta mude de clube apenas uma vez.

Parágrafo único - Cada clube poderá receber até cinco atletas transferidos de outros clubes do campeonato da Série B; De um mesmo clube da Série B, somente poderá receber até três atletas. 

O BOA ESPORTE contratou DENNER do BRAGANTINO, LULA do AMÉRICA/MG, ERIC do OESTE, WILLIAM MAGRÃO da PORTUGUESA, FRANCI do JOINVILLE e ROMÃO da PORTUGUESA.
Como WILLIAM MAGRÃO  não chegou a atuar na Série B pela Lusa, o BOA entende que o clube está regular. Para o Diretor Jurídico do CEARÁ, o regulamento fala em inscrição do jogador, e nunca se refere ao fato dele haver ou não atuado. 
O fato é que a denúncia será feita, e o clube mineiro deverá ser julgado. 
Se perder os 39 pontos, o BOA deve ser rebaixado, e, a briga pelo G4, estará reduzida a AMÉRICA, ATLÉTICO, AVAÍ e CEARÁ. Tudo depende, porém, da interpretação dos auditores do STJD. 
Na nossa visão, a Série B 2014, vai ter a sua decisão final, na Justiça Comum. Haja tempo...

1 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel