quarta-feira, 5 de novembro de 2014

CEARÁ RECORRE ÀS CATEGORIAS DE BASE PARA TREINAR

Treino do CEARÁ - Foto: NET
Com o grupo de profissionais reduzido, o CEARÁ teve que recorrer às categorias de base, para treinar esta semana. Já foram 10 jogadores dispensados, mesmo o clube tendo chances de acesso. É um fato pouco comum no futebol. Brigando pelo objetivo principal da temporada, exercer uma "caça às bruxas". O argumento é que, os que demonstraram falta de comprometimento com o clube, tiveram seus contratos rescindidos. Aparentemente, muito lógico. A se estranhar, o fato de, com uma estrutura administrativa montada, toda a diretoria à disposição, comissão técnica contando com gerente de futebol, supervisor, auxiliares, não houve um trabalho preliminar para evitar problemas. Parece até que o clube não trabalha focado em ações preventivas. Parece com a saúde pública brasileira. Em vez de procurar evitar a doença, se preocupa em adquirir medicamentos para a cura. Com tantos profissionais de apoio, ninguém teve a capacidade de detectar que, há algum tempo, começou a se desenhar um problema. O pior, é que a cura do mau já não é tão simples. A sequência de derrotas, na hora em que mais se necessitava de vitórias, pode ter minado o caminho, nunca tão perto, do acesso. Se não subir, o problema terá sido interno, administrativo.   

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel