segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

CONGRESSO DISCUTIRÁ LEI DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS DOS CLUBES

O abismo financeiro criado pela TV, nas distribuições de cotas entre os clubes que disputam o campeonato brasileiro, entrará em discussão na Câmara dos Deputados, em Brasília.
O deputado federal Raul Henry (PMDB/PE), deu entrada no Projeto de Lei 7.681/14, propondo uma discussão na casa, sobre o tema que poderá modificar sobremaneira, a estrutura do futebol brasileiro.
Hoje os valores são estabelecidos de forma negocial entre as partes, de um lado, a Rede Globo, do outro, os clubes, só que, individualmente. 
Aí, prevalece a vontade da Globo, e os clubes, sem poder de grupo, findam aceitando, da forma que vem.
As discrepâncias são abismais. 
Os clubes são distribuídos em grupos, só que as negociações, são enfiadas "goela abaixo", com critérios discutíveis.
A primeira incoerência, vem entre as divisões. 
Na Série "A", há seis faixas de remuneração. Clubes de maiores torcidas, recebem mais. Na Série "B", há uma equanimidade estabelecida, em que todos recebem um ínfimo valor. 
Se compararmos o topo da Série "A", com os da Série "B", vemos que um clube recebe 30 vezes o que o outro lado recebe. Ou seja, se na Série "A" o CORÍNTHIANS recebe R$ 9.166,167,00 por mês, um clube da Série "B" recebe R$ 250.000,00. São mais de 36 vezes, um para o outro.
Como a emissora já negociou os valores para 2015, nota-se que, se depender da estrutura atual, o abismo vai ficar muito mais profundo, com o passar do tempo.
Fácil explicar. 
CORÍNTHIANS e FLAMENGO, terão um incremento de 54,5% no próximo ano, passando de 110 milhões para 170 milhões, enquanto os do grupo F terão 29,6%, passando de 27 milhões para 35 milhões.
É difícil imaginar que os congressistas deixarão de apoiar a Globo, para apoiar os clubes, porém, há, no fim do túnel, uma tênue nesga de esperança.
Abaixo, vamos expor os grupos de remuneração da Série "A", para os 18 clubes que têm cotas fixas, para os anos de 2015 e 2016
                       2015                    2016
GRUPO A
110 MILHÕES
170 MILHÕES

FLAMENGO
FLAMENGO

CORÍNTHIANS
CORÍNTHIANS

GRUPO B

80 MILHÕES

110 MILHÕES

SÃO PAULO
SÃO PAULO

GRUPO C

70 MILHÕES

100 MILHÕES

VASCO
VASCO

PALMEIRAS
PALMEIRAS

GRUPO D

60. MILHÕES

80 MILHÕES

SANTOS
SANTOS

GRUPO E

45 MILHÕES

60 MILHÕES

CRUZEIRO
CRUZEIRO

ATLÉTICO
ATLÉTICO

GRÊMIO
GRÊMIO

INTERNACIONAL
INTERNACIONAL

FLUMINENSE
FLUMINENSE

BOTAFOGO
BOTAFOGO

GRUPO F

27 MILHÕES

35 MILHÕES

ATLÉTICO/PR
ATLÉTICO/PR

GOIÁS
GOIÁS

CORITIBA
CORITIBA

SPORT
SPORT

VITÓRIA
VITÓRIA

BAHIA
BAHIA


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel