sábado, 13 de dezembro de 2014

O RISCO DO CEARÁ PERDER O MAGNATA

Magno Alves em lazer com a família - Foto NET
É do conhecimento de todos os desportistas, que acompanham o dia-a-dia do futebol cearense, o desejo do atacante MAGNO ALVES, de voltar a jogar pelo FLUMINENSE, clube que o projetou para o futebol mundial. 
Episódios recentes, em que se ventilou uma possível transferência do atleta, sempre focavam na camisa do tricolor carioca, como o seu próximo pouso.
O fato de haver concluído o ano, como Artilheiro da Série "B", além do pomposo título de "Artilheiro do Brasil", deram mais notoriedade ao jogador. 
O CEARÁ vem fazendo esforços para manter o MAGNO, porém, sabe que, pelos seus 38 anos de idade, aliado ao desejo pessoal do jogador de fazer o último contrato como jogador de futebol, no tricolor carioca, não será fácil resistir a um possível assédio das duas partes. 
Para agravar a situação, a saída da UNIMED, até agora o grande patrocinador do clube, que arcava com os salários das maiores estrelas do elenco, deve representar uma revoada de jogadores como, FRED, CONCA, RAFAEL SOBIS, entre outros, todos bancados pelo antigo parceiro.
A saída dessas feras, pode representar uma aproximação ainda maior, do clube, com o MAGNATA. 
Isto pode ser o fim de um casamento que rendeu ao CEARÁ, resultados positivos dentro de campo, como a marcação de 37 gols na temporada 2014, colaborando sobremaneira, para que o clube terminasse o ano, com o segundo melhor ataque do Brasil. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel