segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

ARBITRAGEM POLÊMICA NO FUTEBOL CEARENSE

O árbitro Carlos Custódio, foi protagonista, na goleada do  Fortaleza sobre o São Benedito, por 5 X 1, na tarde desse domingo (01/02), em Horizonte. Ele enxergou 3 pênaltis, só no primeiro tempo, todos a favor do Fortaleza, e na segunda etapa, ignorou uma falta clara de cartão, quando o estreante Dudu Cearense, segurou o adversário, quando já havia tomado o amarelo, e deveria ser expulso. 
Com 2 canais de televisão mostrando, para todo o estado, ao vivo, com repetições de lances polêmicos, muitos deles em câmera lenta, é difícil imaginar, que isto ainda aconteça no futebol moderno. 
Há quanto tempo, o futebol cearense não revela grandes árbitros, a ponto de alguém ser lembrado para um escudo da FIFA? 
Ao ser rebocado de outro estado, um cidadão foi colocado como comandante da CEAF. Prometeu uma renovação no nosso quadro. Parece que o direcionamento dado, não surte efeito, ou está sendo pouco absorvido por alguns integrantes do quadro. 
Errar é inerente ao ser humano. Só que, isso tem um limite. 
Foi-se o tempo em que, erros grosseiros, eram esquecidos no próximo expediente, porque, só as palavras os registravam. Com as facilidades de comunicação atual, é impensável, sob as vistas de tantos, cometer tantos erros, sem que as reações de alguns exigentes olhares notem, e provoquem polêmicas. Mesmo que alguns órgãos de imprensa local, tentem abafar, as redes sociais aí estão, para evitar a proliferação do mal, de forma, muitas vezes, deliberada. 
Carlos Custódio, não foi o primeiro a errar neste início de campeonato, porém, precisa ter mais zelo para com a profissão que adotou, sob pena de, comprometer todo um quadro de profissionais, a maioria, de gente bem, com nomes valiosos, zelosos, e, ávidos por uma carreira de sucesso. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel