segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

CEARÁ EMPATA E DECEPCIONA TORCIDA

O Ceará não passou de um empate com o Guarani de Juazeiro, na tarde desse domingo (08/02), no Domingão, em Horizonte-Ce, na 7ª partida do time, pelo campeonato cearense. 
Enfrentou um time precavido, jogando atrás da linha da bola, com um forte sistema de marcação, e bastante motivado, e teve sérias dificuldades, para evitar um resultado desastroso.
No início do jogo, prevaleceu a maior categoria dos jogadores alvinegros, que trocavam passes com eficiência. A primeira oportunidade surgiu logo aos 6 minutos, em cobrança de falta de Marcos Aurélio, que o goleiro Fábio se esticou todo, para colocar para escanteio, uma bola que fatalmente entraria no seu canto inferior direito.
O Gol só saiu aos 25 minutos. Cobrança de falta pela esquerda, Ricardinho bateu, Eloir subiu com o zagueiro Roberto Baiano, desviando para o gol. A arbitragem deu gol contra de Roberto Baiano..
Durou pouco a comemoração da torcida. Apenas 3 minutos depois, num chute rasteiro da intermediária, a zaga falhou e Roberto Jacaré, em posição duvidosa, aproveitou para empatar o jogo.
O gol surgiu como um sonífero para os jogadores alvinegros. O time sentiu, passou a tocar a bola de forma improdutiva, como se o importante fosse o tempo passar. Mais posse de bola, porém, sem nenhuma objetividade. 
O segundo tempo começou com o Guarani mais afoito e o Ceará mais acomodado ainda. 
Não demorou muito. Logo aos 14 minutos, dois defensores alvinegros foram em uma bola, chocaram-se e ela sobrou livre na área para Valclício tocar na saída de Luís Carlos, virando o jogo. 
O gol acordou o Ceará. Nos 30 minutos finais, o time mostrou que pode render bem mais, para isto, basta os jogadores quererem. Imprimiu um ritmo alucinado de jogo, dominou totalmente o adversário, que passou a só se defender. 
Aos 22, Ricardinho acertou um chute violento de pé esquerdo, de fora da área, a bola tocou na trave, e, apesar do esforço do goleiro Fábio, balançou a rede. 
Duas boas chances ainda surgiram para o atacante William Batoré. Visivelmente fora de ritmo, ele desperdiçou as duas. 
Na primeira, na entrada da pequena área, ele cabeceou em cima do goleiro Fábio. Na segunda, também numa cabeçada, ele colocou na trave do goleiro batido. 
O placar de 2 X 2, fez aumentar a pressão da torcida sobre o técnico Dado Cavalcanti
A diretoria, vai conversar com o grupo de jogadores. Quer saber, por qual razão, o time não está rendendo, ou, qual o motivo de o time ter uma reação bastante positiva após tomar o gol, e no tempo anterior da partida, apresentar um marasmo incomum. 
O Ceará volta a jogar pelo campeonato cearense, no próximo sábado, quando enfrenta o Maranguape, no PV.
Já o Guarani, vai a Sobral, enfrentar o homônimo sobralense, na próxima quarta-feira. 
O meia Ricardinho, com destacada atuação, e autor do gol que deu o empate ao Ceará, foi escolhido por uninimidade,  pela Equipe Bola na Rede - Rádio A3 FM 91,3 como o craque do jogo.



Guarani(J) 2 X 2 Ceará

Competição: Campeonato Cearense
Data: 08 fev 2015
Local: Domingão (Horizonte)
Arbitragem: Glauco Feitosa, Mardônio Ribeiro e Jailson Albano
Gols: Roberto Baiano(c) (25 1t), Roberto Jacaré (28 1t), Valclício (14 2t), Ricardinho (22 2t) 

Guarani: Fábio, Roberto Baiano, Regineudo, Paulo Ricardo (Ricardo) e Pedro Jr.; Turum, Valclício, Erlon (Serginho), Zé Augusto (Leilon); Roberto Jacaré e Gleydson 
Técnico; Washington Luís

Ceará: Luís Carlos, Tiago Cametá, Gilvan, Charlles e Tiago Costa (Samuel Xavier); João Marcos, Ricardinho, Eloir (Magno Alves) e Marcos Aurélio (Uilliam Correia); William e Assisinho;
Técnico: Dado Cavalcanti 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel