quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

GOL IRREGULAR IMPEDE VITÓRIA DO CEARÁ

A arbitragem maranhense, comandada pelo árbitro Mayron F. dos Reis Novais e sua auxiliar Kenis Cassandra G. Santos, acabou sendo decisivo para impedir a primeira vitória do Ceará na Copa do Nordeste.
Um impedimento bem claro, na cara assistente, gerou o gol que abriu o marcador para o Ríver, aos 10 minutos de jogo.
Um absurdo festival de cartões, com 12 amarelos e 2 vermelhos, característico de árbitro que não se impõe diante dos jogadores, ´a prova de uma arbitragem fraca, comprometedora.
O gol do Ríver, surgiu aos 10 minutos, depois de duas boas oportunidades que o time piauiense descobriu, numa avenida do seu lado direito, em cima de Samuel Xavier
Logo aos 5 minutos, jogada pela direita, a bola foi chutada e quando ia entrando, Ricardinho salvou, com ela se chocando com a trave esquerda de Luís Carlos
logo a seguir, aos 8, Eduardo escorou de cabeça, cruzamento vindo da direita, obrigando Luís Carlos a fazer uma defesa de puro reflexo. 
Aos 10, mais uma jogada pela direita. Júnior Xuxa lançou Esquerdinha na linha da assistente, impedimento indiscutível, que ela não marcou, ele se projetou livre e colocou na saída de Luís Carlos
O ceará continuou tonto, dentro de campo, totalmente envolvido pelo Ríver
Foram mais 10 minutos de domínio do Ríver, para poder o time acordar. Só aí, começaram as jogadas mais agudas do alvinegro. Depois de 3 tentativas de longe, com Ricardinho, e uma ótima jogada de Uilliam Correia. Ele entrou na área pela direita, dribolu e bateu de pé esquerdo, obrigando o goleiro Naylson a fazer excelente defesa. 
Aos 40, Ricardinho bateu escanteio pela direita, Uilliam Correia deu um toque de cabeça que caiu no peito de Magno Alves, que arrumou e bateu de pé direito, empatando o jogo. 
Aos 44, Um contra ataque-rápido, Ricardinho a Magno, ele viu William penetrando pelo lado direito da área e serviu na medida. Na saída do goleiro ele tocou e a bola subiu, perdendo a chance mais clara do time no primeiro tempo. 
A segunda etapa foi mais equilibrada. 
Aos 28, João Marcos matou um contra-ataque após a linha de meio campo, que os jogadores do Ríver reclamaram a sua expulsão. Como a bola estava muito longe do gol, o maranhense entendeu que não se tratava de lance para cartão vermelho, aplicando-lhe o amarelo. 
Poucas chances mais de lado a lado, até que, aos 40 minutos, Marinho, que entrou no lugar de Wescley, fez grande jogada pela esquerda e cruzou. A bola sobrou livre para Magno Alves, na linha da pequena área, só com um zagueiro deitado na linha do gol. Magno livre escorou de pé esquerdo, exatamente em cima do zagueiro caído, perdendo a grande chance de virar o jogo.
Aos 49, foram expulsos após agressões mútuas, o atacante William e o zagueiro Índio.   
O empate deixou o Ceará na 3ª colocação com 2 pontos ganhos, atrás do próprio Ríver e do Fortaleza, que dividem a liderança com 4 pontos.
William Correia - o craque do jogo
Foto: Ceará SC
O volante Uilliam Correia, foi escolhido pela Equipe Bola na Rede - Rádio A3 FM 91,3 como o craque do jogo.
O Ceará volta a jogar, na próxima quinta-feira, quando recebe o Botafogo da Paraíba, no PV,  às 23h00 de Brasília, 22h00 do nordeste, neste projeto absurdo das televisões brasileiras, de acabar com o futebol, colocando jogos em horários absurdos.
Já o Ríver, recebe o Fortaleza, na quarta-feira, em Teresina.


Ríver 1 X 1 Ceará

Competição: Copa do Nordeste (2ª rodada) 
Data: 11 fev 2015
Local: Albertão (Terezina)
Arbitragem: Mayron F. dos Reis Novais, Geison Mendes do Santos e Kenis Cassandra G. Sangos (MA) 
Gols: Esquerdinha (10 1t), Magno Alves (40 1t)  

Ríver: Nayson, Tote, Paulo Paraíba, Índio e Hugo Figueiredo; Amarildo, Esquerdinha, Rogério e Júnior Xuxa (Thiago Maranhão); Warley (Lucas) e Eduardo 
Técnico; Flávio Araújo

Ceará: Luís Carlos, Tiago Cametá, Sandro,  Charlles e Samuel Xavier; João Marcos (Sandro Manuel), Uilliam Correia, Ricardinho (Eloir) e Wescley (Marinho); Magno Alves e William;
Técnico: Dado Cavalcanti 





0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel