quinta-feira, 5 de março de 2015

CEARÁ VACILA E CEDE EMPATE NO FINAL

O Ceará foi a João Pessoa, de olho na liderança da Copa do Nordeste, enfrentar o lanterna, Botafogo-PB, que até então não conseguira ganhar sequer um ponto, nas três partidas disputadas.
Em jogo realizado no Estádio Almeidão, na noite dessa quarta-feira (04/03), o Ceará vencia o jogo até os 42 minutos do segundo tempo, quando sofreu o gol de empate, possibilitando ao Botafogo, o seu primeiro ponto na competição.
Com o time meio que desfigurado, a primeira etapa foi aquele tipo de jogo, que dá sono em quem vê. Sem criatividade, o Ceará não finalizou sequer uma vez durante todo o tempo inicial, e o Botafogo finalizou 2 vezes.
A segunda etapa, foi um pouco mais movimentada. Aos 12 minutos, Marinho fez grande jogada pela esquerda, avançou pela área e tocou na medida para Magno Alves, livre, arrumar e colocar sem dificuldade.
O Botafogo saiu para o jogo e abriu espaço para o contra-ataque. Silas resolveu abdicar do ataque e segurar o 1 X 0. Retirou Ricardinho e colocou o volante Jean Cléber, tirou o atacante Marinho e colocou mais um volante, Carlão, ficando com 4 volantes e sem ninguém para criar.  
Os contra-ataques pintaram, mas o Ceará não conseguiu explorar. Foram 5 oportunidades, na base do contra-ataque, que o time desperdçou.
O castigo veio aos 43, quando Gilvan cometeu pênalti, que Rafael Oliveira bateu, empatando o jogo. 
O próximo compromisso do Ceará, será na terça-feira, quando recebe o Ríver-PI no PV. O Botafogo, já desclassificado, recebe o Fortaleza, no dia seguinte.

Botafogo 1 X 1 Ceará

Competição: Copa do Nordeste
Local: Estádio Almeidão
Árbitro: Lenadro Saraiva Dantas, Flávio Gomes Barroso e Vinícius de Lima (RN)
Gols: Magno Alves (12' 2ºt) Rafael Oliveira (43' 2ºt)

Botafogo: Genivaldo, Toty (Danilo), Mauro, Roberto Dias e Alex Cazumba; Zaquel, Hércules, Guto e Bysmarck (Potira); Rafael Oliveira e Doda (Túlio);
Técnico: Marcelo Vilar

Ceará: Luís Carlos, Tiago Cametá, Charlles, Gilvan e Samuel; Sandro Dias, Uilliam Correia, Ricardinho (Jean Cléber) e Robinho; Marinho (Carlão) e Magno Alves (William);
Técnico: Silas
  



0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel