quinta-feira, 23 de abril de 2015

CEARÁ VENCE O BAHIA E JOGA POR UM EMPATE

Foi uma partida digna de uma decisão. O Ceará encarou o Bahia em plena Fonte Nova, jogou muito, conseguiu o objetivo, e saiu de Salvador, com o sabor de um 1 X 0 ao seu favor, e, a um passo da conquista da Copa do Nordeste.
Encarou o Bahia de forma ousada, três atacantes para pressionar o adversário, e foi premiado com um gol bem trabalhado, onde o meia Ricardinho coroou a sua grande atuação, colocando uma mão na taça.
Foi um duelo de dois técnicos ousados, adeptos do bom futebol, que professam um jargão do futebol antigo: "A melhor defesa, é o ataque".
Houve um equilíbrio de forças, com maior posse de bola do Bahia, em função de jogar com quatro homens no meio campo, enquanto no Ceará, Ricardinho tinha que se desdobrar, marcando, criando e até chutando no gol, de média distância.
O tricolor baiano jogou com forte apoio da torcida, que lotou a Arena Fonte Nova.  
O único gol da partida, saiu aos 25 minutos do segundo tempo. Jogada ofensiva apela direita, Marinho lançou o lateral Samuel em profundidade, este foi à linha de fundo e cruzou na medida, voltando, para Ricardinho que entrava pelo meio, bater de primeira, rasteiro, no vão das pernas do goleiro Jean.
Um gol que dá ao tetracampeão cearense, o direito de jogar por um simples empate, no jogo de volta.
Um dos destaques da partida, o atacante Marinho, tomou cartão amarelo, completou a série de 3 cartões, e, está fora da final da Copa do Nordeste.

Com mais uma destacada atuação, o meia Ricardinho foi escolhido o "Craque do Jogo", pela Equipe Bola na Rede da Rádio A3 FM 91,3



Bahia 0 X 1 Ceará



Competição: Copa do Nordeste
Data: 22/04/2014
Local: Arena Fonte Nova
Público: 40.982 pagantes
Renda: R$ 1.070.457,00
Árbitro: Pablo dos Santos Alves
Gol: Ricardinho (25' 2ºt)

Bahia: Jean, Tony (William Santana), Thales, Robson e Patric; Pitoni, Souza (Rômulo), Tiago Real e Maxi Biancuchi; Kieza e Léo Gamalho (Zé Roberto)
Técnico: Sérgio Soares

Luís Carlos, Samuel, Charlles, Gilvan e Fernandinho; Sandro Manuel, Uilliam Correia e Ricardinho; Marinho, Magno Alves (William) (Eloir) e Assisinho (Wescley);

Técnico: Silas

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel