quinta-feira, 28 de maio de 2015

INVESTIGAÇÕES CHEGAM A TEIXEIRA E DEL NERO


O Departamento de Justiça dos Estados Unidos, investigando sobre a corrupção no futebol, indicam que 3, entre ex e atual presidentes da CBF, estão envolvidos com recebimento de propinas. 
O dinheiro  teria vindo da exploração comercial da Copa do Brasil, desde 1989, época em que a entidade era dirigida por Ricardo Teixeira, que renunciou ao cargo em 2012.
Em 2014, o então presidente da CBF José Maria Marin foi aos Estados Unidos reclamar a J. Háwilla, presidente da Traffic, que detinha com exclusividade os direitos comerciais sobre a Copa do Brasil, que a propina deveria ser paga apenas a ele e o seu então vice-presidente, Marco Polo Del Nero, atual presidente, excluindo da partilha, o ex-presidente Ricardo Teixeira
Como não há acusação formal ainda, sobre os dois, no processo, eles são tratados como "coconspirador 11" e "coconspirador 12".
No processo investigatório, os dois coconspiradores são altos executivos da CBF, da Comebol e da FIFA, perfil que se encaixa apenas em Teixeira e Del Nero
A peça acusatória, indica que de 2012 até 2022, a propina acertada seria R$ 2 milhões por ano, e seria custeada pela Traffic, de J. Háwilla, e a Klefer, de Kléber Leite, que passou a compartilhar também, os direitos comerciais sobre a Copa do Brasil. 
Na quarta-feira (27/05), a Polícia Federal realizou uma operação de busca e a apreensão de documentos na sede da Klefer, no Rio de Janeiro, mas, nada foi divulgado sobre a ação.
Nesta quinta-feira, a Justiça Suíça informou que José Maria Marin está preso em uma cela individual, com direito a banheiro particular, sem no entanto, informar em qual presídio está o dirigente da CBF.


O atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que está em Zurique, para votar amanhã em Joseph Blatter, presidente da FIFA, mandou retirar da faixada do edifício sede da CBF, no Rio de Janeiro, o nome de José Maria Marin.
Como o objetivo da justiça americana, é chegar a Joseph Blatter, que é candidato a reeleição da entidade, e tem processo eleitoral marcado para amanhã, muita coisa vai rolar ainda, até a conclusão das investigações. 
O que se sabe, é que tem muita gente sem dormir, sobressaltando-se até com sirene ambulância nas proximidades, pensando que é a PF chegando.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel