quinta-feira, 2 de julho de 2015

Estados Unidos querem Marim preso pelo FBI

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos encaminhou às autoridades Suíças o pedido formal de extradição de José Maria Marin, ex-presidente da CBF.
Os dois países mantêm tratado de extradição e o pedido será examinado pela Justiça suíça.
Marin, com mais  6 dirigentes da FIFA estão presos na Suíça desde o dia 27 de maio, envolvidos nas investigações de corrupção feitas pelo FBI. 
Marin - Foto NET
O pedido está fundamentado em função dos acusados estarem envolvidos em esquema de corrupção que teria movimentado cerca de U$ 100 milhões, cujas operações teriam sido feitas com bancos americanos. 
A informação foi divulgada nesta quinta-feira (02/07), pelo Escritório Federal de Justiça da Suíça.
O futuro dos acusados, está nas mãos da justiça suíça que instaurou processo para exame do pedido do país aliado.  

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel