segunda-feira, 20 de julho de 2015

Porque o Ceará vai de time misto contra o Tupi


Diante das dificuldades do momento, o técnico Geninho optou por preservar o time titular, em função do desgaste que representaria submetê-lo a jogar nessa quarta-feira (22/07), em Juiz de Fora-MG, contra o Tupi, no jogo de volta pela 3ª fase da Copa do Brasil.
Já em Fortaleza, após o empate contra o Boa Esporte , em Minas, no último sábado, o elenco treina na tarde desta segunda-feira, quando o técnico define quem viaja.
Na primeira partida, jogando com um mistão, o Ceará empatou em 0 X 0 com o Tupi e é provável que a base do time, seja a que atuou naquela partida. 
Uma alteração, poderá ser do volante Sandro Manoel, que não atuou contra o Boa por suspensão automática, jogou contra o Tupi, e está à disposição de Geninho, par ao jogo contra o Mogi, no próximo sábado, pela 14ª rodada da Série "B",no Castelão.
A atitude de priorizar a Série "B", onde o time precisa se recuperar da situação vexatória em que se encontra, parece a mais lógica, até porque, o alvinegro teria que optar entre seguir na Copa do Brasil ou partir para as disputas da Sula-Americana.
Buiú e Fernandinho - Foto Ceará SC
A propósito desta polêmica, a premiação da Sul-Americana chega a compensar a opção por disputá-la.
Se na Copa do Brasil, quem chegar à fase final a partir das oitavas-de-final (a próxima), terá recebido de premiação, R$ 4.510.000,00 , na Sul-Americana quem chegar à final terá recebido R$ 5.200.000,00. 
Por fim, vale ressaltar que, além da visibilidade e de se tratar de uma competição internacional, compensa abdicar da Copa do Brasil, para disputar a Sul-Americana.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel