terça-feira, 14 de julho de 2015

Romário vai presidir a CPI da CBF

O lado podre do futebol brasileiro, com seus adeptos, deve ficar mais preocupado a partir do dia de hoje. 
O senador Romário, foi escolhido para presidir a CPI da CBF.
A intenção de presidir a investigação, já havia sido manifestada pelo senador Romário, embora o direito fosse do PT e PMDB que têm maiores bancadas no senado, 
Ele trabalhou a candidatura, negociou e hoje foi escolhido por aclamação.
Outro cargo importante na comissão será exercido pelo senador Romero Jucá do PMDB de Pernambuco.
A comissão terá 19 membros sendo 11 titulares e 7 suplentes. 
A CPI terá 180 dias para investigar irregularidades em contratos feitos pela CBF, para realização de jogos da Seleção Brasileira, e campeonatos organizados pela CBF. Copa das Confederações e Copa do Mundo no Brasil. 
No final de semana, quando participou de festividades de um clube carioca, Romário declarou que a sua intenção era levar o presidente da CBF para a cadeia.
As bases do futebol brasileiro poderão tomar um novo rumo, com a CPI.


OS 11 MEMBROS TITULARES:





Romário (PSB/RJ) - Presidente
Romero Jucá (PMDB/RR) - Relator
Álvaro Dias (PSDB/PR)
Ciro Nogueira (PP/PI)
David Alcolumbre (DEM/AP)
Donizeti Nogueira (PT/MG)
Eunício Oliveira (PMDB/CE)
Fernando Collor (PTB/AL)
Humberto Costa (PT/PE)
Omar Aziz (PSD/AM)
Zezé Perrella (PDT/MG)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel