quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Ceará perde 2 pontos para o Bahia

Diante das dificuldades enfrentadas pelos clubes nas disputas da Série "B", entendemos que empatar em casa é perder 2 pontos, enquanto empatar fora é ganhar um ponto.
É que há uma evidente equiparação técnica entre a maioria dos clubes que disputa esta competição, com raras exceções.
Ao empatar com o Bahia, na noite dessa terça-feira (15/09), no Castelão, o Ceará pode debitar na sua conta, débito de 2 preciosos pontos.
O primeiro tempo foi de pleno domínio do alvinegro cearense. O domínio foi tão grande que ao final da etapa, contabilizamos 11 finalizações do Ceará contra apenas uma do Bahia.
O placar dessa etapa foi um absolutamente injusto 1 X 1,
Na segunda etapa, os baianos regiram, igualaram o jogo, estiveram na frente e o Ceará empatou.
Para surpresa nossa, o técnico Marcelo Cabo deixou no banco, um dos principais atacantes do time, Júlio César, que só entrou aos 24 minutos deste tempo final, e no seu primeiro toque na bola, já foi marcando um gol.
Após a partida, o técnico, em entrevista coletiva, declarou que o Júlio César não entrou porque tem a mesma função de homem de área do Rafael Costa. Não digeri direito a colocação, porém, tenho pleno direito de discordar. Entendo que se o cidadão tem bola, compete ao técnico, encontrar um maneira de colocá-lo no jogo, aproveitando o que ele tem de melhor para o time.
A Equipe Bola na Rede, da Rádio A3 FM 91,3 escolheu o atacante Rafael Costa como o "Craque Bola na Rede".




CEARÁ 2  X 2 BAHIA



Competição: Série "B" - 26ª rodada
Local: Arena Castelão - Fortaleza
Data: 15/09/2015
Horário: 19h00
Público: 8.199 pagantes
Renda: R$ 84.011,00
Preço médio por ingresso: R$ 9,22
Árbitro: Aurélio Santana Martins
Gols: Ávine (27' 1ºt contra), Róger (36' 1ºt), Tiago Real (17' 2º t) e Júlio César (25' 2ºt)

Luís Carlos; Tiago Cametá (Wesxcley), Sandro, Thiago Carvalho e Víctor Luís; Carlão, Guilherme Andrade e Ricardinhyo; Mazola, Rafael Costa e Alex Amado (Júlio César);
                Técnico: Marcelo Cabo

Omar; Cicinh9o, Robson, Thales e ´´Avine (João Paulo); Yuri, Gustavo Blanco, Tiago Real (Souza) e Eduardo (Rômulo); Maxi Biancuchi e Róger;
Técnico: Sérgio Soares

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel