quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Nasce a primeira liga forte no Basil

Dirigentes de clubes do Rio de Janeiro e Minas Gerais, Rio Grande do Sul Santa Catarina e Paraná,  se reuniram na manhã desta quinta-feira (10/09), na sede do Flamengo, no Rio de Janeiro e deram o ponta-pé inicial para a criação da Liga Sul-Minas, que congregará de princípio, clubes do Rio, São Paulo, Minas, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.
Participaram da  reunião, representantes de treze clubes, que são os fundadores da nova liga.
O objetivo inicial da liga é promover a criação da da Copa Sul-Minas-Rio, tendo como modelo a Copa do Nordeste. 
Na sequência, segundo pronunciamento de um dos dirigentes da Liga, é adotar o modelo de administração de competições existente na Europa, em que a confederação administra apenas as atividades da seleção, ficando as competições inter-clubes, a cargo da Liga..
No primeiro momento, foi criada a entidade, e eleita a sua primeira diretoria. 

Presidente: Gilvan de Pinho Tavares (Cruzeiro)
Vice-Presidente: Nilton Macedo Machado (Avaí)
Secretário: Maurício Andrade (Coritiba)

No ato da fundação, treze clubes integram a nova entidade: 

Flamengo e Fluminense - Rio de Janeiro;
Internacional e Grêmio - Rio Grande do Sul
Coritiba e Atlético - Paraná
Cruzeiro e Atlético - Minas Gerais
Avaí, Figueirense, Criciúma, Chapecoense e Joinville - Santa Catarina

Há de haver uma reação contrária por parte da CBF, porém, com a criação, o presidente do Flamengo já declarou que, o surgimento da nova competição, possibilitará que o rubro-negro dispute o Campeonato Carioca com um time alternativo. Reflexo da briga que o o Fla mantém com a atual direção da Federação Carioca de Futebol. 

Pelos planos traçados no evento, a primeira edição da disputa será já em 2016, com oito datas.

O critério para escolha dos dez clubes participantes, seria o Ranking da CBF, indicando-se dois clubes de cada estado. 
No momento, seriam: Flamengo, Fluminense, Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Figueirense e Criciúma.
Dentro de quinze dias, haverá uma nova reunião, quando, já com estatuto devidamente elaborado, será encaminhada a documentação para a CBF homologar.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel