quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Fair play financeiro contra o Macaé chega ao STJD

Salários atrasados nos clubes brasileiros é coisa tão comum, que até parece a regra do jogo. Mesmo sendo lei, tornou-se viciada e ninguém, ou quase ninguém, respeita. 
Porém, como é lei, o Sindicato dos atletas do Rio de Janeiro, acionou o STJD e denunciou o Macaé por atrasos salariais de até cinco meses. A direção do clube deverá ser acionada imediatamente pelo órgão judicante, que deverá estabelecer um acordo entre as partes, para que os salários sejam pagos.
Como ninguém foi punido ainda com base nessa lei, é prudente aguardar para ver o tipo de solução a ser encontrada.
O texto fala em algo tipo, dar um prazo para que o clube regularize a situação, e caso não seja solucionado o problema, a partir do vencimento do prazo, o clube passa a perder 3 pontos por cada partida que disputar.
Vamos aguardar para ver o que vai dar.
A turma da parte de baixo da tabela, está de ollho! 

Abaixo, reproduzimos a nota do SAFERJ!


Macaé Esporte Futebol Clube
06/10/2015 | 18:11



O Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro apresentou denuncia de inadimplência salarial no STJD contra o Macaé Esporte Futebol Clube, conforme determina o artigo 18 do Regulamento Geral das Competições da Confederação Brasileira de Futebol.
“Infelizmente tivemos que tomar essa medida. Os atletas estão sem receber. Ha atletas com três meses em atraso, outros com quatro meses e uns com até cinco meses sem receber salários. É um situação ruim para todos, inclusive para o futebol carioca, pois o clube corre o risco de perda de pontos nessa reta final da Série B do Campeonato Brasileiro.
Como sindicato da categoria temos que estar focados nos problemas relacionados aos atletas. Não queremos prejudicar o clube, mas temos que cumprir nossa dever. Explicou Deninho, Vice-Presidente do Saferj




0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel