segunda-feira, 23 de novembro de 2015

ÁRBITRO GAÚCHO APRONTA MAIS UMA

Depois de tantas denúncias que transcendem até as fronteiras do país, com ex-dirigente preso e muita gente ameaçada, a arbitragem brasileira continua mostrando as suas mazelas. Mais uma, por sinal. 
Na partida entre o Macaé, time carioca e o Boa esporte (1 X 1), pela 36ª rodada da Série "B", aos 27 minutos do 2º tempo, o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima, aspirante à FIFA, do Rio Grande do Sul, aplicou cartão amarelo ao jogador Fernando Neto, do Macaé, camisa nº 10. 
Nada de anormal! Mesmo sendo o 3º cartão da série, que obrigaria o jogador a cumprir suspensão automática no próximo jogo. Coisa bem comum no futebol. Nada de anormal!
Só que, por uma dessas "coincidência" da vida, o Sr. Jean Pierre Gonçalves Lima, simplesmente, esqueceu de citar na súmula, o cartão. Não é estranho! Que os senhores acham?
Vá ver que, o árbitro perdeu a caneta e não teve oportunidade de anotar no verso do cartão, como é de costume, a pena aplicada ao jogador. E os auxiliares, estavam fazendo o que, já que costumam também, anotar todos os cartões, para efeito de conferência no final da partida, procedimento comum também ao 4º árbitro, todos muito bem pagos para exercer este cuidado? 
Tirem as sua conclusões!


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel