sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

CBF TEM NOVO PRESIDENTE

Acuado por tudo que é lado, o presidente a CBF, José Maria Marin se licenciou do cargo. De um lado a forte marca da Polícia Federal Americana, o FBI, que a cada dia avança mais nas investigações de corrupção na entidade e de outro, o incansável senador Romário, que já conseguiu através da CPI que preside no congresso, quebrar os sigilos, bancário, fiscal e telefônico de Marin.
Após assistir ao vivo pela TV, nessa quinta-feira, a coletiva com os procuradores da justiça americana e agentes do FBI, na sua sala na sede da CBF, Del Nero tomou a decisão.
O escolhido a princípio era o Fernando Sarney, que recusou o convite por temer ver a sua vida também vasculhada pela temível polícia americana. É que, em 2009, o filho do ex-presidente e poderoso senador José Sarney, foi investigado pela Polícia Federal, viu a abertura de cinco inquéritos contra si, para apurar crimes de evasão de divisas, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e formação de quadrilha.
Dep. Marcus Vicente
Foto NET
Com a recusa de Fernando Sarney, Del Nero se viu entre duas opções. Ou entregava o cargo ao vice da região nordeste, o alagoano Gustavo Feijó ou o da região centro-oeste, o deputado capixaba Marcus Vicente.
Optou pelo deputado, que passa a dirigir os destinos da CBF. Ele é hoje um dos representantes dos interesses da CBF em Brasília. prometeu que vai se licenciar para se dedicar ao cargo maior do nosso futebol. 
Será que vai haver alguma mudança? 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel