quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

DEL NERO ELEGE O SUCESSOR. TUDO CONTINUA NA MESMA

As denúncias de corrupção, ameaças de prisão, confinamentos a que foram submetidos o presidente atual da CBF, não foram suficientes para sensibilizar os dirigentes dos principais clubes e federações do Brasil. Satisfeitos com o estágio em que se encontra o nosso futebol, elegeram com ampla maioria de votos, o sucessor de Del Nero, na tarde desta quarta-feira (16/12).
Com a vaga de vice-presidente de José Maria Marin aberta, ele que está preso nos Estados Unidos, Del Nero, prestes a ser cassado, resolveu fazer o seu sucessor, indicando um vice, que por força do estatuto da CBF, vai lhe suceder na hora em que anunciar a renúncia. 
Dos 67 votos possíveis, o Cel. Antônio Carlos Nunes, atual presidente da Federação Paraense de Futebol, recebeu 44, houveram 3 votos em branco, 5 se abstiveram de votar e 12 não compareceram. 
Havia uma expectativa de mudança, nos destinos do futebol brasileiro. 
Viciado, cheio de denúncias de corrupção, um ex-presidente da CBF preso, outros 3 sendo investigados e com fortes indícios de corrupção, "os mesmos" foram devidamente anistiados pelos dirigentes de clubes e federações, que apoiaram a permanência do atual status, elegendo um legítimo sucessor de Del Nero.
Se na política, temos vistos ricaços, políticos e até senador indo para a cadeia, no futebol, tudo continuará como antes. Pelo menos, se depender da vontade dos atuais dirigentes de clubes e federações!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel