quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

FORTALEZA SÓ EMPATA COM O BOTAFOGO

De princípio, havia uma certa preocupação com o resultado do jogo. O Fortaleza, que vinha de 2 derrotas seguidas, precisava reencontrar o caminho das vitórias, diante de um adversário desesperado, que não havia ganho um ponto sequer, na Copa do Nordeste.
E fazia sentido a preocupação. Depois de sair na frente, o Leão deu mole, e permitiu que o Botafogo chegasse ao empate, em pleno Castelão.
O primeiro gol da parida, saiu aos 13 minutos de jogo, com Eduardo recebendo uma bola de cobrança de falta na frente da grande área, livre de marcação, teve tempo de arrumar e escolher o canto para fazer o gol. 
Na frente do marcador o Fortaleza teve chances de aumentar, mas foi incompetente na hora da finalização.
Na segunda etapa, aos 17 minutos, o sistema defensivo tricolor voltou a falhar feio. Falta cobrada da esquerda na área, o volante Marcelo Xavier subiu para cabecear e empatar a partida. 
Nervoso e com apoio da torcida, o time tricolor foi na base do desespero, porém, ficou mesmo no empate.
Foi o primeiro ponto do Botafogo na competição.
Com mais este ponto conquistado, o Fortaleza foi a 4 pontos ganhos e continua na vice-liderança do seu grupo, que tem o Sport na liderança com 6 pontos e um jogo a menos.
O Fortaleza volta a jogar na próxima quarta-feira, contra o mesmo Botafogo, em João Pessoa, pela Copa NE. Antes, no domingo, enfrenta o Maranguape, no PV, fechando a sua participação na primeira fase do Campeonato Cearense 2016.


FORTALEZA  1 X 1  BOTAFOGO/PB

Competição: Coa NE - 3ª rodada
Estádio: Arena Castelão
Data: 23/02/2018
Horário: 21h30
Árbitro: Zandick Gondim/RN
Público: 7.516 pagantes 
Renda: R$ 65.295,00
Gols: Eduardo (13' 1ºt) e Marcelo Xavier (17' 2ºt)


Erivelton; Moacir, Lima, Eduardo Luiz e Jean Mota; Corrêa (Felipe), Pio, Elias (Augusto) e Éverton; Eduardo (Núbio Flávio) e Anselmo. 
Técnico: FlávioAraújo

Michel Alves; Ângelo, Plínio, Nildo (Magno Alves),  e Zeca; Gedeil (Thiago Costa), Marcelo Xavier, Djavan e Janeudo; Jó Boy (Warley) e Carlinhos;
Técnico: Itamar Schulle  

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel