segunda-feira, 11 de abril de 2016

PREJUÍZO ALÉM DO FINANCEIRO PARA O CEARÁ

Ficar fora das finais do Campeonato Cearense, representa bem mais que um prejuízo financeiro para o Ceará. A fase crescente que o clube atravessou, com a conquista de novos patrocinadores além de novos sócios-torcedores, foi bruscamente interrompida. Entra o alvinegro, em uma fase crítica, com possível perda de credibilidade. Momento de intensa dificuldade para o presidente Robinson de Castro. Terá que ter pulso firme, para evitar uma queda da fase de ascensão, que atravessava o clube. A linha entre o sucesso e o fracasso, é tênue e tem que ter muita sensibilidade para evitar a queda. Impensável, uma situação como esta, em um clube que está tão bem estruturado economicamente. Além de muita competência, precisa, a partir de agora, também de sorte, para sequenciar o trabalho. O erro de deixar o time nas mãos de um neófito, em fase de decisões, custou caro. Refazer o caminho de sucesso, pode custar bem caro, pelas dificuldades que terá pela frente. De um dos grandes clubes do nordeste, o Ceará passa a ser um clube, em que muitos vão olhar com certa desconfiança, na hora de investir. Perda irreparável!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel