domingo, 29 de maio de 2016

CEARÁ PERDE PARA O AVAÍ - ROTINA ?

O Ceará voltou a decepcionar. Desta vez, o susto  foi maior. Esteve perdendo por 4 X 0 e na base do desespero, conseguiu amenizar um pouco, e fazer dois gols. Para surpresa de muitos, depois de uma semana inteira treinando o time com Cametá na lateral direita, surgiu o nome de Eduardo, com a camisa 2. Sem Serginho, colocou Alex Amado. Depois de 10 minutos de equilíbrio, o alvinegro dominou plenamente o adversário, até os 30 minutos. Teve uma boa chance com Rafael Costa, que obrigou o goleiro do Avaí a fazer um milagre. Até os 28 minutos, dominando o jogo, o alvinegro teve 4 finalizações, incluída essa do Rafael Costa. Na 1ª que o Avaí conseguiu finalizar, aos 30 minutos, William Batoré fez o seu de
William Batoré - Foto NET
cabeça. Mais 3 minutos, e ele fez o 2º, cobrando pênalti cometido por Éverson, numa falha de Sandro, que atrasou mal. Mias 3 minutos, foi a vez de Jajá cobrar falta e marcar o 3º. Foram 6 minutos de apagão no time, que pareceu irremediavelmente entregue ao adversário. Na volta do vestiário, mais surpresa. Sérgio Soares sacou Sandro e colocou o atacante Bill e voltou com Cametá na lateral direita, deslocando Eduardo para a esquerda. Como não há nada tão ruim, que não possa piorar, veio mais um castigo. Aos 3 do 2º tempo, William Batoré marcou mais um. Estava desenhada a 1ª goleada. Parece que aí, o brio de alguns jogadores foi tocado, e, mesmo desorganizado, na base da raça, o time tomou vergonha, e diante do Avaí tocando a bola e dando olé, acompanhado pelo coro da torcida, nas arquibancadas, aos poucos, foi se esboçando uma reação. Bill marcou de cabeça, aos 8 minutos, e em um erro de arbitragem, o gol foi anulado, por alegação de impedimento totalmente descabido. Aos 22 minutos, Alex Amado cruzou da esquerda, Rafael Costa cabeceou e no rebote do goleiro, Bill completou. Mais 3 minutos, Eduardo deu um chutão da lateral esquerda, Rafael Costa em um toque genial, deixou Felipe livre pela direita. Ele entrou em velocidade e, na cara do goleiro, bateu cruzado e marcou o segundo. No impulso, continuou pressionando, porém, parou na derrota de 4 X 2. Caiu para a 14ª posição, ao final da 4ª rodada e pressionado, enfrenta, na próxima terça-feira, o Goiás, no Castelão. Goiás, que na sexta-feira, empatou em casa com o Brasil de Pelotas, e ocupa a 12ª colocação.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel