quarta-feira, 1 de junho de 2016

CEARÁ VENCE O GOIÁS E RESPIRA

O início de Série "B", que começou complicado para o Ceará, começa a clarear. Venceu o Goiás, por 2 X 1, e respirou aliviado, pela 1ª vitória em casa. E, vencer em casa, é obrigação, para quem tem aspirações mais fortes. Jogo difícil, mais uma vez, porém, a disposição dos jogadores em campo e o fator "jogar em casa", ajudaram demais. Com o Bill infernizando a defesa adversária a cada bola lançada, o Goiás teve que ficar atrás, se protegendo durante todo o primeiro tempo. E foi exatamente dos pés de Bill, o lance do gol da vitória, quando ele tocou de calcanhar para Felipe. Antes, aos 18 minutos, um toque de bola errado do Goiás, permitiu que Felipe interceptasse a jogada no meio campo, avançasse e tocasse na saída do goleiro, abrindo o marcador. O gol deu mais tranquilidade para os jogadores, já que o time dominava bem, o adversário, que não conseguia chegar às finalizações. Aos 37, aconteceu o lance de ataque que o Bill tocou de calcanhar para
Felipé - Foto CearáSC
Felipe ir à linha de fundo, cruzar e o meia Ramires tentar impedir a chagada de Tomas Bastos e marcar contra. Na 2ª etapa, o Goiás conseguiu ser melhor, finalizou mais e até conseguiu marcar o seu gol, com Thalles, aos 31 minutos, batendo da esquerda, acertando no ângulo. O gol assustou, mas o Ceará teve competência para tocar a bola sem maiores vexames. Com a vitória, o Ceará chegou aos 7 pontos e terminou a rodada na 11ª colocação. Volta a campo no próximo sábado em São Luís, para enfrentar o Sampaio Corrêa, que ontem, ganhou o seu primeiro ponto, ao empatar em casa com o Bragantino

CEARÁ 2 X 1 GOIÁS

Competição: Série "B" - 5ª rodada
Estádio: Arena Castelão
Data/Hora: 31/05/2016 - 19h15
Público: 4.949 pagantes
Renda: R$ 24.391,00
Gols: Felipe (18' 1ºt), Ramires (contra) (37' 1ºt), Thalles (31' 2ºt)

Éverson; Thiago Cametá (Thallyson) Sandro, Antônio Carlos e Eduardo; Braka, Richardson , Felipe (Marino) e Tomas Bastos (Alex Amado); Bill e Rafael Costa; - Técnico: Sérgio Soares

Renan; Jhohatan, Wesleu, Alex Amado e Jeferson; Willian (Jean Cley), Rossi (Cassiano) , Wendel (Talles) e Leo Sena; Rafhael Lucas e Ramires; - Técnico Ederson Moreira  

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel