sexta-feira, 5 de agosto de 2016

PORQUE O CEARÁ DEVERÁ RENDER MAIS NO 2º TURNO

A parada para as disputa da Olimpíada Rio 2016, está servindo para recuperar os jogadores dos clubes da Série "B". No Ceará, os atletas tiveram autorização para 5 dias de folga. Voltam na próxima segunda-feira, quando terão mais 15 dias de intensa preparação, para a retomada das disputas. Em entrevista ao nosso repórter Rodrigo Cavalcante, o preparador físico Eduardo Ballalai e o fisiologista Lucas Oaks, explicaram bem a estratégia do clube, para essa fase preparatória. Haverá um trabalho direcionado, no sentido de homogeneizar o grupo, em termos físicos. Haverá um carga maior de treinos, aplicadas àqueles de maior carência, de forma que, ao voltarem as disputas da Série "B", todos estejam mais ou menos no mesmo patamar físico. Como o 2º turno será em maior espaço de tempo, a tendência e a diminuição do número de contusões, que tanto atrapalharam, nesta primeira fase da competição. É que o Ceará estreou este ano, no dia 14 de maio e no dia 2 de agosto, fez o seu 19º jogo. Como ainda disputou 4 jogos pela Copa do Brasil, o time teve que fazer 23 jogos em 70 dias, o que dá uma média de um jogo a cada 3 dias. Já o 2º turno, será disputado entre os dias 20 de Agôsto e 30 de novembro. O clube terá 103 dias para disputar 19 jogos. Isto dá uma média superior a 5 dias entre um jogo e outro. Com mais tempo para recuperação e treinos, é provável que o rendimento individual dos atletas, seja melhor que o que tivemos até agora. Vale lembrar, que o Ceará é o time que percorre maior distância entre os 20 clubes, para os seus jogos pela Série "B", em função da sua posição geográfica. 

Eduardo Ballalai e Lucas Oaks
Foto: CEARÁ S C

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel