quarta-feira, 26 de outubro de 2016

BORDERÔ MANIPULADO GEROU NOVO RECORDE DO CASTELÃO

A partida Fortaleza X Juventude realizada no Castelão, no último dia 09/10, pela 2ª fase da Série "C", trouxe uma nova marca recorde de público para a Arena Castelão. Conforme o Boletim Financeiro registrado no site oficial da CBF,  os 63.903 pagantes estabeleceram o novo recorde de público presente àquela praça de esportes. Até aí, tudo normal, porém, um detalhe chama a atenção: No item "gratuidades", não consta nenhum torcedor. Isso que chamou a atenção de algumas pessoas. É que os clubes fizeram um acordo com o Ministério Público, já há alguns anos, e em todas as partidas, o clube mandante emite no mínimo, 1.000 gratuidades, para algumas pessoas a quem foi concedido o direito de entrar no estádio sem pagar. E desde então, em todas as partidas realizadas na Arena Castelão, o "Boletim Financeiro" traz o número de pessoas que entratam usando este item "gratuidade". Esse item não consta no referido boletim, como público pagante. No valor do ingresso, consta "0,00". Como na partida entre Fortaleza X Juventude, não aparece este número, e foram emitidas as 1.000 gratuidades, fica fácil deduzir. Teriam colocado aquelas 1.000 gratuidades, no item cortezias, e nesse item, consta como público pagante, ou seja, manipularam o borderô, e em vez das 1.000 gratuidades, acrescentaram ao público pagante, 1.000 cortezias, pelas quais se paga R$ 1,00 cada. Tivemos o trabalho de pesquisar no site da CBF e em todas as outras partidas do Fortaleza, pela Série "C", no Castelão, constam as gratuidades, só não naquela contra o Juventude, em que foi estabelecido o novo recorde. Resumindo: teriam usado um artifício, transformando gratuidade em cortezia,  para gerar para a história, um novo recorde de público.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel