quinta-feira, 17 de novembro de 2016

FALTA DE CRITÉRIO AFETA IMAGEM DO STJD


Desta vez foi um julgamento considerado por muitos juristas, com resultado descabido, onde a justiça foi aplicada fora dos parâmetros  estabelecidos pela lei, que gerou polêmica, por parte do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. No caso, uma invasão de campo, protagonizado pela do técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, a modelo Carol Portaluppi (foto).
Renato Gaúcho e Carol Portaluppi
Foto NET
Após a vitória sobre o Cruzeiro, que classificou o Grêmio para a final da Copa do Brasil, já depois que o jogo terminou, Carol Portaluppi, que assistia à partida de um camarote, desceu e entrou no gramado para filmar com o seu celular, a festa do pai, pela vitória. O caso foi denunciado pela procuradoria do STJD e julgado em primeira instância, e a punição foi aplicada, com o Grêmio tendo que pagar multa pecuniária, além da perda de um mando de campo. Em nenhum momento, a lei prevê perda de mando de campo para o caso. O fato irritou até outros membros do STJD, que julgarão no pleno do tribunal, o recurso interposto pelo  Grêmio. Foi uma pena descabida, na comcepção de vários advogados consultados, que mancha o nome da entidade, que deveria ser espelho do deireito. No caso, a pena descabida aplicada, teve efeito negativo conta a própria corte judicante. Dificilmente aconteceria com grandes clubes do  eixo Rio-São Paulo, é o que todos imaginam. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel