sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

AS COTAS DA PRIMEIRA LIGA


Um dos temas de difícil solução enfrentado plelos dirigentes da Primeira Liga,  entidade criada para gerir a mais importante Copa Regional do Brasil, pela dimensão dos clubes participantes, refere-se à distribuição de cotas entre os clubes.
No final do mês de outubro passado, foi concluída a negociação pelos direitos de transmissão. A Rede Globo acertou pagar R$ 69  milhões, comcontrato válido por 3 anos. A partir de então, começou um processo de negociação para fixação de valores para distribuição dessas cotas entre os clubes. Eles foram divididos em 4 níveis, assim distribuídos, com valores diferenciados a cada nível.
Eis a distribuição por nível:

1º Nível: Flamengo;

2º Nível: Fluminense, Atlético/MG Cruzeiro, Grêmio e Internacional;  

3º Nível: Atlético/PR e Coritiba;

4º Nível: Os demais integrantes. 

Oficialmente, não foi divulgado para a imprensa, quanto cada clube receberá, pelo direito de imagem. Sabe-se porém, que haverá um incremento forte de recursos, além desses direitos de imagem, já que a competição vai ser transmitida pela Globo, e haverá negociação de publicidade durante o evento, gerando bem mais recursos aos clubes.

Por discordarem da forma de distribuição de valores, que privilegia o Flamengo, os clubes paranaenses Atlético e Coritiba, resolveram sair da entidade. Eles queriam ter direito aos mesmos valores do Flamengo, por serem fundadores da liga, ou seja, queriam que os valores fossem divididos de forma igualitária entre os clubes.
O certo é que houve uma readequação de clubes, com a entrada de 6 novos integrantes, entre eles o Ceará, que participará da versão 2017, fato divulgado esta semana. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel