segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

ARBITRAGEM TENDENCIOSA MINA O TIME DO CEARÁ


O desvio de critério do árbitro que apitou a partida Guarani 0 X 1 Ceará, na tarde deste domingo, no Romeirão, chamou a atenção. Um rigor absoluto, quando a falta era cometido por algum jogador do Ceará, e uma benevolência sem tamanho, quando do inverso.
Ao todo, o árbitro Magno Cordeiro aplicou 9 cartões para os atletas do Ceará e 3 para o time da casa. Há quem vá dizer que todos foram justos. Eu diria que seriam justos, se quando o adversário cometesse falta semelhante, também tomasse cartão. Porém, não foi o que se viu. Como falta apenas uma partida para o time nesta fase, boa parte do time já entrará pendurado na fase seguinte. Nada menos que 5 jogadores alvinegros saíram da partida, preocupados porque estão pendurados com 2 amarelos. E são todos do sistema defensivo, por conicidência. São eles o goleiro Éverson, o zagueiro Luiz Otávio, o lateral Romário, e os volantes Raul e Richardson. 
O caso do Magno Alves foi bem esclarecedor. Ao levar um tapa no rosto, foi tomar satisfação com o agressor, o árbitro viu e aplicou-lhe um cartão amarelo. Ao agressor, só um cartão amarelo. 
Este ano, está muito claro o que pode esperar o Ceará. Já teve duas demonstrações claras em jogos do campeonato local. Prepare-se o torcedor, que nas fases decisivas, certamente surgirão fatos semelhantes. Não seja tomado de surpresa, portanto!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel