terça-feira, 25 de abril de 2017

DECISÃO SEM A GLOBO PODE RENDER MAIS A CLUBES


Alético/PR e Coritiba, farão as finais do Campeonato Paranaense 2017. Como os dois clubes se negaram a fechar contrato com a Globo para transmissão em TV aberta, decidiram transmitir apenas pela Internet, já que por TV fechada, o Esporte Interativo transmite. A Globo ofereceu cerca de R$ 1 milhão de reais a cada clube, pelo direito de transmissão do campeonato. Como os dois não aceitaram a proposta, uniram-se e vão fazer as finais com transmissão pelo YouTube e Facebook. Há inclusive, a possibilidade de transmissão paga, ou seja, cada computador para acessar à transmissão ao vivo, pagaria uma tarifa de R$ 10 reais. 
A conta está sendo feita da seguinte maneira, para estudar se compensou ou não assinar com a Globo. 
Se nos dois jogos, as duas maiores torcidas comparecerem em grande número, algo em torno de 80.000 pagantes, só com a arrecadação de bilheterias, os clubes recebriam bem mais que a cota que a Globo quis pagar. Vale salientar que no primeiro turno, já houve uma partida sem transmissão, com boa presença de público, e lógico, uma boa arrecadação de bilheterias. 
O fato, reabre uma discussão para os clubes do Brasil. Será que compensa vender os direitos por um valor pequeno e fazer jogos sem torcida nos estádios?


No caso do futebol cearense, o fato da Globo transmitir todos os jogos realizados nas fases semifinal e final, as que despertam maior interesse, tem acarretado uma enorme redução de público nos estádios. O que os clubes recebem de direitos de transmissão, lhes é retirado de renda de público dos estádios, além de habituar o torcedor a ver jogos pela TV.
O fato da TV dar com uma mão e tirar com a outra, pode levar os clubes a reestudar essas parcerias, muito rentáveis para uns, e catastróficas para boa parte dos clubes.
É bastante claro que não dá mais para conviver sem a TV no futebol, porém, o modelo atual precisa ser repensado com urgência, antes que "a vaca vá para o brejo!" 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel