quinta-feira, 29 de junho de 2017

SPORT CAMPEAO 2017


O Sport conquistou mais um título na noite dessa quarta-feira, ao vencer o Salgueiro por 1 X 0 na cidade de Salgueiro, interior de Pernambuco. Foi o primeiro título conquistado  sob o comando de Vanderlei Luxemburgo que voltou a ser campeão.
O primeiro jogo dessa final foi disputado no dia 7 de maio em Recife e deu empate pelo placar de 1 X 1. Um novo empate levaria a decisão para os poênaltis. O Sport sofreu mais com o estado ruim do gramado já que o Salgueiro treina ali e está mais adaptado. Com dificuldade para tocar a bola, o rubronegro se superou e criou mais chances na primeira etapa. Houve pelo menos 4 chances reais para o Sport chegar ao gol. Mesmo com o domínio exercido pelo Salgueiro, com bem mais posse de bola, o goleiro Magrão foi pouco exigido. O Salgueiro  chegou a marcar um gol aos 24 minutos da segunda etapa em cobrança de escanteio, mal anulado pelo árbitro que foi impulsionado pelo auxiliar alegando que a bola saiu na trajetória até a área. Houve protesto, o árbitro de vídeo foi consultado e confirmou a anulação do gol legitimo. Na sequência, aos 36 minutos, Everton Felipe recebeu de Diego Souza e acertou um chute de fora da área, a bola resvalou em um jogador e encobriu o goleiro. A experiência dos jogadores rubronegros prevaleceu no restante da partida. Após o apito final, só muita comemoração por mais um título estadual, o 41º do Sport.


Salgueiro 0 X 1 Sport

Local: Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE)
Data/Hora: 28.06 -  21h45
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Árbitro de vídeo: Péricles Bassols (PE)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos SP)
GOL: Everton Felipe (36'2t)
SALGUEIRO – Mondragon; Marcos Tamandaré, Ranieri, Luís Eduardo e Daniel Nazaré; Rodolfo Potiguar, Moreilândia e Toty; Jean Carlos (Dadá); Willian Lira e Álvaro
Técnico: Evandro Guimarães
SPORT – Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Raul Prata (Evandro); Rodrigo (Thallyson), Rithely, Everton Felipe e Diego Souza; Lenis (Leandro Pereira) e André
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel