quinta-feira, 6 de julho de 2017

VIOLÊNCIA AFASTA PRESIDENTE DO PAYSANDU


Sérgio Guerra - Foto NET
O empresário Sérgio Guerra renunciou ao cargo de presidente do Paysandu. Quando passeava com a família em uma praça em Belém, dois elementos se aproximaram e de máscara, um deles, de revólver em punho, ameaçou exterminar a família do dirigente, caso o time seja rebaixado para a 3ª divisão. A irmã de Sérgio Guerra, jornalista Cristina Serra, publicou no seu Facebook o fato, contou como ocorreu, declarando-se revoltada com a violência no futebol. O Paysandu vem de 8 partidas sem vitória. A última foi no dia 2 de junho, quando venceu o América em Belo horizonte por 2 X 0 pela 4ª rodada da Série "B". Desde então, foram 5 derrotas e 3 empates. Ocupa atualmente a 16ª colocação com 13 pontos ganhos e só 1 ponto a menos que o Figueirense, o primeiro do Z4. O próximo jogo será na terça-feira contra o criciúma em Criciúma/SC.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por fazer um comentário, em breve estaremos analisando e liberando sua postagem. Edmilson Maciel